RBPO – Novas formas de emendas parlamentares instituíram o fenômeno da ‘hiperimpositividade’ orçamentária.

87

Em mais um artigo de grande relevância, a Revista Brasileira de Planejamento e Orçamento (RBPO) aborda uma das encruzilhadas da gestão pública brasileira.

Agora, com o artigo de Paulo Corrêa, a revista apresenta uma análise aprofundada sobre a atualidade da prática de orçamento público, no contexto de um maior controle do processo pelo Congresso Nacional.

A normalização das chamadas “emendas de relator”, o instrumento que viabilizou o famoso “orçamento secreto” nos últimos anos, ajudou a produzir um desequilíbrio grave na produção e execução dos orçamentos federais.

Paulo Corrêa nos ajuda a compreender os problemas por trás disso. Conhecer é sempre o primeiro passo para resolver. Leia na RBPO o artigo de Paulo Corrêa.

Acesse: http://assecor.org.br/rbpo/