Economia brasileira encolheu 0,2% no primeiro trimestre, diz IBGE

0 35

RIO – A economia brasileira encolheu 0,2% no primeiro trimestre frente ao quarto trimestre de 2014, informou o IBGE nesta sexta-feira. É o maior recuo na série com ajuste sazonal (frente ao trimestre anterior) desde o segundo trimestre de 2014, quando a economia teve perda de 1,4%. Analistas esperavam recuo de até 1%. Na comparação com o mesmo período do ano passado, houve queda de 1,6%, a maior na comparação anual (trimestre contra igual trimestre do ano anterior) desde o segundo trimestre de 2009, quando foi registrado recuo de 2,3%.

Considerando o acumulado em 12 meses, o PIB caiu 0,9%. Isso significa que, se o ano tivesse terminado em março, a economia teria registrado perda de 0,9%, o pior resultado desde o terceiro trimestre de 2009, quando a perda foi de 1,3%. O Produto Interno Bruto (PIB, soma de bens e serviços produzidos no país) ficou de R$ 1,408 trilhão entre janeiro e março.

Pelo lado da produção, a única atividade a registrar alta do PIB no primeiro trimestre foi a agropecuária, que avançou 4,7% frente ao quarto trimestre. Frente ao mesmo período do ano passado, o avanço foi de 4%. Em valores correntes, a agropecuária somou R$ 79,6 bilhões ao PIB.

A indústria caiu 0,3% na comparação com o fim de 2014. Frente ao mesmo período do ano passado, recuou 3% a maior desde o segundo trimestre de 2014 (-3,6%). Na comparação com um ano atrás, o setor foi prejudicado por um tombo de 12% na produção e distribuição de eletricidade, gás e água — o maior revés desde o quarto trimestre de 2001, quando caíra 15,8%. Naquele ano houve racionamento forçado (“apagão”) de energia.