Carreiras de Estado preparam ação conjunta para campanha salarial 2015

0 51

Definir um calendário de atuação conjunta das entidades para a campanha salarial deste ano. Este foi um dos principais temas debatidos durante a Assembleia Geral do Fonacate realizada na tarde desta terça-feira (14).

 

O secretário-geral do Fórum, Rudinei Marques, lembrou que na reunião convocada pelo ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, no último dia 20 de março, ele avisou que as negociações ficarão a cargo do secretário de Relações do Trabalho, Sérgio Mendonça, e que iria analisar o orçamento até o fim de abril.

 

Ainda segundo Rudinei, o governo deve propor um acordo plurianual, pois o ministro defendeu a diretriz de redução gradual de gasto primário com a folha de pagamento em percentual do PIB.

 

“Acredito que em nossa pauta de campanha temos que pedir a definição de uma política salarial, como a data-base e a regulamentação da negociação coletiva”, disse o secretário-geral.

 

O presidente do Fonacate, Roberto Kupski, observou que em reunião recente de representantes do Fórum com o Assessor Especial da Secretaria Geral da Presidência da República, José Lopes Feijóo, foi garantido que a regulamentação da Convenção 151 da Organização Internacional do Trabalho (OIT), que estabelece o princípio da negociação coletiva entre trabalhadores públicos e o governo, sairá este ano (clique aqui e saiba mais).

 

No próximo dia 5 de maio ficou agendado o encontro para definir as ações da campanha.

 

Conferência

A 4ª Conferência Nacional das Carreiras Típicas de Estado foi outro tema da reunião.

 

O evento está com inscrições gratuitas abertas e será realizado nos dias 16 e 17 de junho, em Brasília/DF, no auditório da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio (CNTC).

 

Estão previstos debates sobre “Desafios da gestão do serviço público”; “Estratégias de desenvolvimento e o papel do Estado”; “Concurso público e qualificação permanente dos servidores”; “Direitos do trabalhador do Serviço Público”; e “Ética e reforma política” (clique e inscreva-se).

 

Fonte: Fonacate