Novo secretário de Orçamento Federal toma posse em Brasília

0 52

Fonte: Ministério do Planejamento 

A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, deu posse nesta quarta-feira (9) ao novo secretário de Orçamento Federal, José Roberto Fernandes Júnior. A cerimônia foi realizada no auditório do ministério do Planejamento, em Brasília. Durante a cerimônia, a ministra destacou a importância da Secretaria de Orçamento Federal (SOF), instituição fundamental no estado brasileiro para manter o equilíbrio das contas públicas. “A SOF tem cumprido nos últimos anos, entre outras importantes missões, o papel de modernização dos instrumentos de orçamento do país, trabalhando para tornar as peças orçamentárias mais estratégicas”, afirmou.

Para Miriam Belchior o governo está conseguindo, a cada ano, aumentar a complementaridade entre o Plano Plurianual e o Orçamento, e avançando na criação dos Planos Orçamentários (POs). “Estamos cumprindo o objetivo de melhorar a execução orçamentária. Ainda temos outros desafios pela frente, entre eles fortalecer o planejamento estratégico; tornar orçamento vinculado a resultados; e pensar na questão do orçamento plurianual”, listou a ministra.

O novo secretário de Orçamento Federal, José Roberto Júnior, disse sentir-se honrado em ocupar o cargo. “Nossa tarefa, com a supervisão eficiente e sempre presente da ministra Miriam Belchior, é separar o importante do fundamental para o País, dada a nossa capacidade de financiamento. Este discernimento deve ser exigido de qualquer ocupante de cargo público, em especial do secretário do Orçamento Federal”, discursou José Roberto.

José Roberto Fernandes Júnior é graduado em Economia e Direito com pós-graduação em Direito Econômico. Analista de Planejamento e Orçamento desde 1996, foi representante do Ministério do Planejamento nos Conselhos de Administração do DNIT, do Fundo de Marinha Mercante e das Distribuidoras Federais de Energia Elétrica (grupo Eletrobras). Foi diretor do Departamento de Programas Especiais e do Departamento da Área Econômica da Secretaria de Orçamento Federal (SOF) entre 2000 e 2004.

No período entre 2004 e 2006, trabalhou em Moçambique, a serviço do Fundo Monetário Internacional (FMI), no apoio ao desenvolvimento de políticas orçamentárias e financeiras. Entre 2007 e 2013 foi diretor do Departamento de Programas de Infraestrutura da SOF, cargo que deixou para ser titular da pasta.