Governo apresenta proposta de reajuste

0 54

Na manhã deste sábado (18/8), o governo apresentou a proposta de reajuste para analistas e técnicos de planejamento e orçamento e demais servidores das carreiras do ciclo de gestão e núcleo financeiro. A proposta é 5% em 2013, 2014 e 2015, iniciando a implementação em janeiro, isso significa 15,8% ao final dos três anos.  Com isso, novas negociações salariais só ocorreriam a partir de 2016, e essa foi uma condição para que o acordo seja firmado.

foto_7

Nesta segunda-feira (20/8), a Carreira de Planejamento e Orçamento se reuniu em assembleia e 90% dos servidores estão dispostos a rejeitar a proposta, mas uma posição final da categoria iria aguardar o indicativo da União das Carreiras de Estado (UCE). Ainda na manhã desta segunda-feira, a deliberação das entidades que integram o grupo foi de que os números inicialmente apresentados não sejam aceitos. Esse indicativo será levado para a validação da categoria na tarde desta sexta-feira (24/8), numa segunda sessão da assembleia iniciada na segunda-feira.

Uma nova reunião na Secretaria de Relações do Trabalho (SRT) foi marcada para a manhã do dia 25 de agosto, e nesta oportunidade os dirigentes apresentarão uma contra-proposta das categorias aos números apresentados pelo governo.

De acordo com o presidente da Associação Nacional dos Servidores da Carreira de Planejamento e Orçamento (ASSECOR), Eduardo Rodrigues, os servidores mostram disposição de não aceitar a proposta do governo. A categoria tem indicativo de greve aprovado, e essa questão estará em pauta na continuidade da assembleia para deliberação da campanha salarial desta sexta-feira.