Assecor lança livros para contribuir com o debate sobre finanças públicas

194

Diante da crise sanitária e dos níveis alarmantes de desemprego e subemprego, o que se espera do Estado é que ele possa ampliar sua atuação.

Mas como fazer isso com normas fiscais disfuncionais, que impedem o poder público de mobilizar os recursos necessários para que os direitos individuais e sociais estabelecidos na Constituição Federal de 1988 sejam materializados?

Como fazer isso se negros e mulheres continuam tendo pouca incidência nas decisões econômicas tomadas no âmbito do Estado?

Ao invés de reforçarmos o monótono discurso de que só o corte de gastos salva, reforcemos a capacidade do Estado para ofertar políticas públicas que possam realizar nosso desejo de País próspero, justo socialmente e responsável ambientalmente.

Para contribuir nesse sentido, a Assecor publicou os livros “Planejamento, orçamento e sustentabilidade fiscal” e “Gênero e raça no orçamento público brasileiro”.

Baixe gratuitamente: