Proposta do Orçamento tem previsão de rombo de R$ 30 bi nas contas de 2016

0 24

A BMF&Bovespa reflete o péssimo sentimento sobre a situação do Brasil nesta abertura de semana. Às 12h05 o dólar subia 1,79% cotado a R$ 3,647, depois de ter registrado R$ 3,68 no início da manhã. 

O pregão registrava queda de 3,05% aos 46.705 pontos.O principal motivo tanto para a alta da moeda norte-americana, quanto para a queda da Bolsa é a notícia da proposta de Orçamento que será enviada pelo governo hoje ao Congresso, com previsão de um rombo de R$ 30 bilhões nas contas do próximo ano. O deficit primário ficaria então de 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB). O superávit primário de 0,7% para 2016 anunciado no final de julho terá que ser revisto.

Essa decisão foi tomada após o governo abandonar a ideia de recriar a CPMF, por não encontrar respaldo para o projeto nem no Congresso nem entre empresários.

Os ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, e o da Fazendo, Joaquim Levy, irão entregar a proposta ao Congresso ainda nesta tarde.

A apreensão do mercado em relação à perda do grau de investimento se justifica. Segundo especialistas é apenas uma questão de tempo, uma vez que a economia já está em recessão, sem perspectivas de melhora em 2016.

O dólar sofre ainda um outro componente de pressão nesta segunda-feira: o Banco Central anunciará, depois das 13h10, a última Ptax de agosto, que servirá de parâmetro para os contratos de derivativos de câmbio.