Ciclo de Gestão patrocina Prêmio Congresso em Foco

0 50
O Ciclo de Gestão é um dos patrocinadores da edição de 2015 do Prêmio Congresso em Foco. Com votação online e aberta à sociedade a partir desta quinta-feira (20), a premiação busca reconhecer o trabalho de parlamentares pela melhoria e defesa de diferentes áreas, entre elas a de Profissionalização da Gestão Pública – categoria patrocinada pelo grupo.
 
A ação do CG tem o objetivo de envolver parlamentares na discussão sobre o tema e contribuir com o aperfeiçoamento das políticas públicas. Serão premiados deputados ou senadores que desde o início desta legislatura se destacaram na defesa de propostas legislativas e ações públicas relacionadas à profissionalização da gestão na administração pública do país, de acordo com as preferências expressas pelo público participante da votação pela internet.
 
O patrocínio conjunto marca ainda a confirmação da união que está se consolidando entre as carreiras que integram o Ciclo de Gestão, expressas na negociação conjunta no âmbito da campanha salarial, no lançamento do site do grupo e na constante atuação articulada entre as assessorias das entidades. 
 
Sobre o Prêmio Congresso em Foco

Criado por um dos mais reconhecidos portais de cobertura do dia-a-dia do Legislativo, o Prêmio Congresso em Foco busca reconhecer trabalhos exercidos por parlamentares, incentivar o bom desempenho das atribuições legislativas pelos ocupantes de cargos eletivos e estimular que a sociedade analise a atuação individual de deputados e senadores.

 
A votação será pela internet, entre os dias 20 de agosto e 20 de setembro de 2015. O acesso estará disponível no site premiocongressoemfoco.com.br. Para votar, bastará realizar um cadastro. Cada votante poderá escolher até 5 senadores e 10 deputados federais, para as categorias gerais, e até um nome, para as categorias especiais. São elas: Defesa da Agropecuária; Cidadania e Justiça Social; Combate à Corrupção e ao Crime Organizado; e Profissionalização da Gestão Pública.
 
Poderão ser votados quaisquer parlamentares que exerçam ou tenham exercido cargo de deputado federal ou senador na presente legislatura e não sejam acusados de práticas ilícitas em inquéritos ou ações penais em andamento no Supremo Tribunal Federal.