Barbosa admite alta da inflação, mas vê convergência para meta em 2017

79

O governo prevê “uma pequena recuperação [do Produto Interno Bruto (PIB)]” a partir de 2016, disse o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, em coletiva de imprensa realizada nesta segunda­feira no Palácio do Planalto.

Essa pequena recuperação no próximo ano “ganhará força a partir de 2017”, continuou Barbosa. Segundo ele, no início, a pequena recuperação “está sendo puxada por aumento do saldo comercial”, movimento vinculado a valorização do dólar, que diminui as importações e aumenta as exportações.

Já “a demanda interna está contribuindo para uma queda. Por isso, ainda sim, apesar da contribuição positiva do saldo [comercial], isso não será suficiente para contrabalançar a queda da demanda interna neste”, explicou Barbosa.

Sobre a inflação, Barbosa comentou que “há uma elevação temporária neste ano, mas com ações já tomadas pelo Banco Central e restante da política econômica, se percebe convergência da inflação para o centro da meta até 2017”.