Fonacate elege nova Diretoria para o triênio 2013/2015

156

Na última Assembleia Geral do ano realizada na manhã desta quarta-feira (12/12), foi realizada a eleição da nova Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal do Fonacate para o triênio 2013/2015. O presidente da ASSECOR, Eduardo Rodrigues, e o vice, Antonio M. R. Magalhães, participaram do encontro, que também contou com a presença dos deputados federais Roberto Policarpo (PT/DF) e João Dado (PDT/SP). Na pauta da assembleia estava a regulamentação do Direito de Greve dos servidores.

Fonacate1.jpg

Na nova diretoria do Fórum, Roberto Kupski, que era secretário-geral na gestão anterior, foi eleito presidente. A Diretoria Executiva conta ainda com presidentes da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), Marcos Leôncio Ribeiro; da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (ANFIP), Álvaro Sólon de França; da Associação dos Analistas de Comércio Exterior (AACE), Rafael Marques; do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (SINAL), Sérgio da Luz Belsito; e o novo secretário-geral, Rudinei Marques, presidente do Sindicato Nacional dos Analistas e Técnicos de Finanças e Controle (Unacon Sindical).

A minuta do projeto de Lei de Greve do Serviço Público elaborada por um grupo temático do Fórum foi debatida durante a assembleia. A proposta do Fonacate, que é norteada por dados aprovados na Convenção 151 da Organização Internacional do Trabalho (OIT), aborda, além do Direito de Greve, a importância da mesa de negociação e a liberdade para o exercício de mandato classista. O texto passará por uma última revisão e posteriormente será entregue no Congresso pela Diretoria Executiva. O deputado federal Roberto Policarpo (PT/DF) foi convidado para debater o assunto e avaliou que a questão é urgente e merece atenção das entidades. “Não podemos permitir que seja aprovado um projeto que restrinja o direito”, disse.  

João Dado destacou a importância do fortalecimento das Carreiras de Estado. O parlamentar avaliou que os servidores “estão perdendo o jogo” para o poder econômico, que defende interesses muitas vezes contrários aos do povo. O parlamentar defendeu que uma das formas de mudar esse cenário é a eleição de servidores de carreira para defender o fortalecimento do Estado no Congresso Nacional. “Nós servidores temos uma responsabilidade inadiável. Em 2014 saberemos se vamos ter uma sociedade livre e democrática ou refém do poder econômico”, alertou.  

Confira abaixo os nomes das entidades e presidentes que compõem a Diretoria Executiva e o Conselho Fiscal do Fonacate no triênio 2013-2015:

 

Diretoria Executiva

Presidente: ROBERTO KUPSKI (FEBRAFITE)

1º Vice-Presidente (Financeiro): MARCOS LÊONCIO SOUSA RIBEIRO (ADPF)

2º Vice-Presidente (Adm. e Patrimônio): ÁLVARO SÓLON DE FRANÇA (ANFIP)

3º Vice-Presidente (Comunicação): RAFAEL DE SÁ MARQUES (AACE)

4º Vice-Presidente (Rel. Institucionais): SÉRGIO DA LUZ BELSITO (SINAL)

Secretário-Geral: RUDINEI MARQUES (UNACON SINDICAL)

 

 

Conselho Fiscal

Conselheiro Titular: ROSÂNGELA SILVA RASSY (SINAIT)

Conselheiro Titular: PAULO ROBERTO D’ALMEIDA (ADEPOL)

Conselheiro Titular: EDUARDO RODRIGUES DA SILVA (ASSECOR)

Conselheiro Suplente: CÉLIO FERNANDO DE SOUSA SILVA (FENAFIM)

Conselheiro Suplente: LEONARDO WAINSTOK (SINDCVM)

 

Com informações da Ascom/FONACATE.