Reajuste salarial é debatido em reunião na SRT/MP

146

A primeira reunião para debater as reivindicações especificas das carreiras do Ciclo de Gestão e Núcleo Financeiro foi realizada nesta quarta-feira (11/4). O presidente da ASSECOR, Eduardo Rodrigues, e o vice, Antonio M. R. Magalhães, junto com os demais sindicalistas do grupo, apresentaram ao secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça, um documento que fundamenta a urgência e necessidade do reajuste e uma tabela salarial. O secretário se comprometeu em apresentar a posição do governo sobre o pleito no dia 11 de maio, data da próxima reunião do grupo na Secretaria de Relações do Trabalho (SRT).

Clique aqui e leia a carta entregue ao secretário.

A argumentação central do grupo de entidades é: o reconhecimento dessas carreiras estratégicas é uma condição de preparação do Estado para o enfrentamento dos desafios futuros do Brasil. Analistas e Técnicos de Planejamento e Orçamento, e as carreiras que integram o Ciclo de Gestão e Núcleo Financeiro, não são valorizados de acordo com a importância e dificuldade de suas atribuições. Segundo as escolhas políticas do atual governo, essas são as atividades determinantes para um Estado atuante, forte e que induz o desenvolvimento.

SRT4

“Nossas carreiras são da mais extrema relevância, pois proporcionamos o suporte necessário para a tomada de decisão que permite o aperfeiçoamento das políticas públicas”, enfatizou o presidente da ASSECOR. O questionamento apresentado pelos sindicalistas foi: o governo valorizará as atividades que considera determinantes para o desenvolvimento?

O secretário de Relações do Trabalho foi receptivo aos argumentos dos dirigentes e destacou que harmonizar a gestão é um imperativo. “Não vejo com dificuldade a racionalidade do que vocês estão colocando. No caso deste governo, é uma opção desenvolver o Estado, e vocês cresceram em importância. O fundamento da discussão de vocês é muito forte”, avaliou.

Mendonça ainda destacou que as Carreiras do Ciclo de Gestão e Núcleo Financeiro, com a argumentação apresentada, estão contribuindo para a gestão. “O governo sabe que este grupo está em uma posição estratégica, e vocês estão ajudando a melhorar o perfil da gestão. Vamos trabalhar e ver o impacto da proposta”.

SRT3

Modernização

A questão da modernização das carreiras, com a exigência de nível superior para o cargo de técnico, também foi debatida durante a reunião. O secretário se comprometeu em fazer uma consulta formal aos dirigentes dos órgãos envolvidos, e destacou que essa é uma prioridade, mas o consenso sobre o tema deve ser bem construído para que seja definitivo.

 

Assessoria de Comunicação ASSECOR.