Fonacate elege nova Diretoria para o triênio 2016-2018

164

Na última Assembleia Geral do ano, realizada na tarde desta terça-feira (17), foram eleitos o novo Conselho Executivo e o Conselho Fiscal do Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate) para o triênio 2016-2018.

Rudinei Marques, que era o secretário-geral na gestão anterior, é o novo presidente do Fórum. Marques também é presidente do Sindicato Nacional dos Analistas Técnicos de Finanças e Controle (Unacon Sindical).

O Conselho Executivo, já empossado, é composto ainda pelos presidentes das afiliadas: Associação dos Funcionários do IPEA (Afipea), Fábio Schiavinatto; União dos Auditores Federais de Controle Externo (Auditar), Paulo Martins; Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho (Sinait), Carlos Silva; e Associação Nacional dos Servidores Efetivos das Agências Reguladoras Federais (Aner), Thiago Henriques Botelho – nas vice-presidências; e o Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal), Daro Piffer, que foi eleito como secretário-geral.

Em seu discurso, Rudinei Marques enfatizou que o desafio “é qualificar ainda mais a interlocução do Fórum com os agentes políticos do país e mesmo com instâncias internacionais”. “Temos que fortalecer nossa atuação no Congresso Nacional, aprimorar nossa relação com a mídia e, ainda, desbravar caminhos de articulação internacional”, reiterou o presidente do Fonacate e do Unacon Sindical.

Ao empossar os novos Conselheiros, o ex-presidente do Fonacate e presidente da Febrafite, Roberto Kupski, desejou êxito na gestão e agradeceu o apoio de todas as entidades afiliadas durante os mandatos que teve como presidente e secretário-geral do Fórum.

 

Integrantes dos Conselhos Executivo e Fiscal.

Integrantes dos Conselhos Executivo e Fiscal.

 

“Se contarmos desde os primeiros encontros informais, que começaram em 2005, somam quase dez anos em que acreditei na importância da união das carreiras de Estado e na busca da equidade, paridade e valorização desse segmento. Deixo aqui o meu muito obrigado e meu apoio para essa nova gestão”, concluiu Kupski.

Nova Afiliada

Durante a Assembleia também foi aprovada por unanimidade a afiliação do Sindicato Nacional dos Servidores da SUSEP (SINDSUSEP). Agora, o Fonacate passa a ser composto por 28 entidades afiliadas.

A campanha salarial de 2015 e a preocupação das entidades com a Medida Provisória (MP) 689/2015 – altera a Lei 8.112, determinando que os servidores públicos federais licenciados ou afastados sem remuneração e que desejam manter vínculo ao regime do Plano de Seguridade Social do Servidor Público, devem realizar o recolhimento mensal da contribuição acrescido ao valor equivalente à contribuição da União – também foram pauta da reunião. Foi aprovado que o Fonacate irá produzir um documento para ser entregue ao governo federal alertando sobre os prejuízos que podem ser causados por esta MP.

Foi aprovada ainda, por unanimidade, uma nota pública do Fórum em repúdio à forma como o governo federal vem conduzindo as negociações salarias neste ano, em especial às tentativas de desvincular o subsídio dos servidores ativos e aposentados, em prejuízo inaceitável à paridade e integralidade de vencimentos.

Confira abaixo os nomes das entidades e presidentes que compõem o Conselho Executivo e o Conselho Fiscal do Fonacate no triênio 2016-2018:

Conselho Executivo

Presidente: RUDINEI MARQUES (UNACON SINDICAL)

1º Vice-Presidente (Financeiro): FÁBIO SCHIAVINATTO (AFIPEA)

2º Vice-Presidente (Adm. e Patrimônio): PAULO WANDERSON MOREIRA MARTINS (AUDITAR)

3º Vice-Presidente (Comunicação): CARLOS SILVA (SINAIT)

4º Vice-Presidente (Rel. Institucionais): THIAGO CARDOSO HENRIQUES BOTELHO (ANER)

Secretário-Geral: DARO MARCOS PIFFER (SINAL)

Conselho Fiscal

Conselheiro Titular: VILSON ANTÔNIO ROMERO (ANFIP)

Conselheiro Titular: MANOEL ISIDRO DOS SANTOS NETO (FENAFISCO)

Conselheiro Titular: JOÃO AURÉLIO BRAGA DE SOUSA (ANESP)

Conselheiro Suplente: NILTON RODRIGUES DA PAIXÃO JÚNIOR (SINDILEGIS)

Conselheiro Suplente: CARLOS EDUARDO BENITO JORGE (ADEPOL)