LDO: relator reduz para R$ 20 bi valor que governo poderá descontar da meta de superávit

163

 relator do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2016 (PLN 1/2015), deputado Ricardo Teobaldo (PTB-PE), anunciou há pouco aos integrantes da Comissão Mista de Orçamento (CMO) que vai diminuir de R$ 30 bilhões para R$ 20 bilhões o desconto que o governo poderá fazer na meta de superávit primário, fixada no parecer final em R$ 43,8 bilhões.

Teobaldo acolheu a sugestão feita pelo relator-geral da proposta orçamentária de 2016 (PLN 7/15), deputado Ricardo Barros (PP-PR).

— Isso exigirá do Executivo mais rigor no cumprimento da meta definida pelo Congresso — disse Barros.