Levy nega que governo pretenda revisar meta de superávit primário

130

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, negou hoje (23) que a equipe econômica esteja revisando a meta de superávit primário – economia para pagar os juros da dívida pública – em 2015. Ele classificou de peças de ficção notícias publicadas por jornais dando conta de que a meta poderia ser reduzida de 1,1% do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no país) para até 0,6%.