Após período eleitoral, governo vai reabrir diálogo sobre mandato classista

0 23

Em reunião na tarde desta quarta-feira (20) com o Assessor Especial da Presidência da República, José Lopez Feijóo, representantes do Fonacate cobraram novamente diálogo sobre o veto presidencial à emenda de alteração do art. 92 da Lei 8.112/90, que previa melhorias na licença para o exercício de mandato classista.

O presidente do Fórum e da Febrafite, Roberto Kupski, lembrou que a liberação classista é decisiva ao trabalho de representação dos interesses dos servidores públicos.

Feijóo garantiu que só houve o veto porque a proposta estava “bastante inchada e aumentaria os gastos públicos”. Porém, garantiu que assim que passarem as eleições, conforme já acordado com o ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, o governo pretende retomar o debate.

“Estou encarregado pelo ministro Gilberto Carvalho de, após o período eleitoral, convocar todos vocês para chegarmos a um acordo sobre essa matéria”, reiterou o Assessor.

Feijóo prometeu ainda retomar o debate sobre a Convenção 151 da Organização Internacional do Trabalho (OIT), que estabelece o princípio da negociação coletiva entre trabalhadores públicos e o governo.

Os representantes do Fonacate saíram bastante satisfeitos com a conversa e se colocaram à disposição da Assessoria da Presidência para a busca de um consenso sobre o tema.