Servidores federais fazem protesto em frente a ministério em Brasília

76

Servidores públicos federais fizeram um protesto na manhã desta quarta-feira (7) em frente ao Ministério do Planejamento, em Brasília. Os manifestantes cercaram o prédio por volta  de 5 horas da manhã e impediram a entrada dos funcionários que chegavam para o trabalho.

Servidores federais fazem protesto em frente ao Ministério do Planejamento (Foto: Weldson Medeiros/G1)Servidores federais fazem protesto em frente ao Ministério do Planejamento (Foto: Weldson Medeiros/G1)

A manifestação reúne servidores federais de todo o país e de diversas áreas do funcionalismo. Segundo o coordenador de administração e finanças da Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores em Universidades Brasileiras (Fasubra), Rolando Rubens, entre as principais reivindicações do grupo estão aumento de benefícios, como auxílio creche e data-base, além de se posicionaram contra a privatização dos hospitais universitários.

“O governo privatizou os hospitais universitários. Então, uma das nossas pautas é ser contra a Empresa Brasileira de Serviço Hospitalar, uma sociedade anônima que o governo criou para gerenciar nossos hospitais universitários. Nós não aceitamos essa empresa. Nossos hospitais são públicos e queremos eles 100% públicos. Essa empresa é uma sociedade anônima, ou seja, ela vai interagir com o mercado”, disse .

Protesto de servidores federais fechou a entrada do ministério e impediu funcionários de chegar ao trabalho (Foto: Weldson Medeiros/G1)Protesto de servidores federais fechou a entrada do ministério e impediu funcionários de chegar ao trabalho (Foto: Weldson Medeiros/G1)

Representantes da categoria foram recebidos no ministério para apresentar a pauta de reivindicações. Até a última atualização desta reportagem, o acesso dos funcionários do ministério ainda não havia sido liberado.