Entidades reforçam a realização de mobilizações

0 17

Na manhã desta terça-feira (22/5), o presidente da ASSECOR, Eduardo Rodrigues, participou de reunião com os dirigentes dos sindicatos e associações que integram o grupo União das Entidades pela Valorização do Serviço Público. De acordo com os sindicalistas, as últimas mobilizações foram avaliadas de forma positiva e negociação com o governo exige a intensificação desses atos.

Segundo deliberação dos dirigentes, caso a negociação salarial não avance, há a previsão de paralisações depois do dia 18 de junho, iniciativa que deverá ser votada em assembleia de cada carreira. Ainda será analisada a possibilidade de ajuizar dissídio coletivo e ingressar como amicus curiae em caso de repercussão geral no agravo de instrumento 853.275/RJ, para viabilizar o direito de greve.

Outro ponto debatido foi a realização do 2º Dia Nacional de Advertência, no dia 30 de maio. Nessa data, todas as carreiras promoverão atos por todo o país pela campanha salarial. A participação dos servidores é decisiva para o sucesso da campanha salarial. 

 

Assessoria de Comunicação da ASSECOR.

Foto: UNACON Sindical.