Mobilização pela campanha salarial na SOF

0 36

Na tarde desta quinta-feira (17/5), cerca de 100 analistas e técnicos da Carreira de Planejamento e Orçamento participaram da assembleia da ASSECOR pela campanha salarial. O ato faz parte da mobilização conjunta das associações e sindicatos que integram o grupo União das Entidades. Neste dia, foram realizados movimentos das carreiras contra a postura do governo, que não apresentou contraproposta às reivindicações salariais, e trata o servidor público com descaso e falta de compromisso.

geralprincipal2

O presidente da ASSECOR, Eduardo Rodrigues, iniciou os trabalhos com um breve relato sobre a última reunião, no dia 11 de maio, com o secretário de Relações do Trabalho, Sérgio Mendonça. Nesse encontro, foram apresentados somente os números do impacto gerado pelo atendimento das reivindicações, mas não houve nenhuma sinalização sobre o atendimento do pleito das carreiras.

A próxima reunião na SRT está marcada para o dia 14 de junho, mas o secretário não garantiu que o governo apresentará uma resposta nessa data.  “Digo que poderemos ter algum avanço”, disse Mendonça. “O cenário é péssimo para o servidor, tudo indica que se não houver uma forte mobilização não teremos reajuste novamente. Isso significa congelamento de salários, pois todos nós estamos perdendo com a inflação, e o último reajuste foi em 2008”, destacou o presidente da ASSECOR.

edu1

Durante a assembleia desta quinta-feira, foi aprovada a realização de mobilização no dia 30 de maio, em que será deliberado o indicativo de paralisação, a partir do dia 18 de junho.

O movimento da ASSECOR programado para o dia 30 de maio integra o 2º Dia Nacional de Mobilização promovido pela União das Entidades, nessa data todas as carreiras que integram esse grupo também promoverão movimentos por todo o país.

Segundo o presidente da ASSECOR, o prazo limite para inclusão de recursos no orçamento voltados para o reajuste está próximo, e a tendência é que o governo apresente qualquer proposta próximo ao final desse prazo. Nesse caso, os servidores não terão como negociar valores e percentuais, poderão apenas acatar o que for apresentado, ou, na pior das hipóteses, mas a mais provável, sofrer com mais um ano sem reajuste. Por isso, é determinante o engajamento de toda a carreira, somente as mobilizações poderão pressionar o governo.

 

União das Entidades 

A ASSECOR integra o grupo União das Entidades, composto por sindicatos e associações das carreiras da Advocacia e Defensoria Públicas Federais, Auditoria do Fisco e do Trabalho, Delegados e Peritos da Polícia Federal, e do Ciclo de Gestão e do Núcleo Financeiro, que está unido na campanha salarial.

 

NOTA PÚBLICA DA UNIÃO DAS ENTIDADES REPRESENTATIVAS DAS CARREIRAS DE ESTADO – Clique aqui e leia a nota completa.