Assecor

Presidente da Assecor esclarece: "Não estamos reivindicando aumento e sim a reposição das perdas inflacionárias"

Representantes de diversas carreiras se reuniram nesta terça (18) no primeiro ato da Campanha Salarial de 2022.

O presidente da Assecor, Márcio Gimene, alertou que se não houver reposição neste ano os servidores federais terão uma perda de cerca de 28% pelo IPCA e mais de 60% pelo IGP-M durante o atual mandato presidencial.

Os servidores da Carreira de Planejamento e Orçamento estão em Assembleia permanente desde 3 de janeiro, avaliando indicativo de greve. Novas atividades serão realizadas nas próximas semanas caso não haja avanço nas negociações.

Comentários por Disqus