Assecor

Mobilização da carreira de Planejamento e Orçamento se intensifica

Em assembleia virtual da Assecor, durante a paralisação nesta terça-feira (12), os servidores mantiveram a posição acerca da importância das paralisações para seguir pressionando o governo pela negociação da recomposição salarial.

Com grande adesão da categoria, foram discutidas ao longo da tarde os próximos passos da mobilização que tem como objetivo reparar as perdas acumuladas durante a gestão Bolsonaro, que acumulam 28% pelo IPCA e mais de 60% pelo IGP-M.

Os servidores reiteraram a necessidade de se manter as paralisações e deliberaram sobre a ampliação do movimento. Um dos principais encaminhamentos foi a ampliação do horário das paralisações nos dias 14 e 20 de abril, que ocorrerão das 8h às 18h. Foi definido, também, que a paralisação no dia 26 de abril será das 14h às 18h, com reunião virtual a partir das 14h30 para discutir as próximas atividades.

A Assecor segue empenhada em avançar nas negociações com o governo, mas não descarta a possibilidade de intensificar ainda mais a paralisação e, até, de entregar coletivamente cargos comissionados, caso as reivindicações não sejam atendidas.

Comentários por Disqus