Assecor

Em Assembleia, Assecor toma posição em relação à alocação de servidores e à MP 870/19

Na última quinta (31), aconteceu a 1ª Assembleia Extraordinária de 2019, na Unacom Sindical. Promovida pela Assecor, o evento contou com a participação dos associados; da presidente da entidade, Roseli Faria; membros da direção, como Leandro Freitas e Leonardo David; dos suplentes, Márcio Gimene e Francisco Carneiro; do secretário, Fernando Sertã; e do conselho fiscal, Maria do Amparo.

Os convidados debateram a posição a ser tomada pela Assecor em relação à alocação de servidores na nova estrutura, como a recente portaria da SOF determinando que alguns servidores da carreira de Planejamento e Orçamento retornem ao cargo de origem; e a decisão da entidade  em relação à MP 870/19, que trata da reestruturação organizacional do novo governo.

Em relação à medida de realocar servidores da carreira, os presentes decidiram contatar os dirigentes da SOF pedindo um alongamento do prazo até a primeira semana de setembro de 2019 para a realocação dos servidores; pediram a suspensão da portaria emitida pela SOF; entre outras deliberações.

A Assecor também se colocou a disposição para auxiliar na construção de um mapeamento da carreira. “Vamos solicitar que se faça um mapeamento tanto do sistema do planejamento e orçamento, como também do perfil dos APOs. Para que a gente possa, a partir dessas evidências, fazer essa realocação, dando cientificidade na governança para esse tipo de mudança”, explicou a presidente da Assecor, Roseli Faria.

Em relação à MP 870/19, os presentes decidiram constituir um grupo de trabalho para propor emendas ao texto, como forma de superar os riscos que o documento traz à atividade de planejamento.

A próxima Assembleia Ordinária está prevista para acontecer no dia 21 de fevereiro.

Comentários por Disqus